segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Da época natalicia (parte II)

Ora pois que estava previsto este fim-de-semana ir-mos tratar da nossa árvore de Natal, mas uma mudança inesperada de planos trocou-nos as voltas... O falecimento do avô da minha esposa obrigou-me a outros compromissos durante o fim-de-semana para poder acompanhar a família...

Assim, e uma vez que continuamos a querer fazer a árvore de Natal (o falecimento era esperado a qualquer momento, pelo que apesar da dor pretendemos manter as rotinas dentro do que conseguirmos), amanhã vamos ver se conseguimos arranjar um pinheiro para decorar com os nossos pimpolhos...

Também queríamos ir à Vila Natal em Óbidos, mas isso parece-me que será mais complicado, portanto este ano se calhar não vai dar...

Quase 33...

Pois diz que amanhã por esta hora já terei 33 anos de idade...

Estou cada vez mais novo...

E voltamos ao dia...

Que não vejo a hora de arranjar outro emprego e poder mandar este às urtigas, mas as coisas não andam fáceis...

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Da época natalicia...

Ainda não fizemos nada lá em casa, mas este ano gostávamos de ter uma árvore de Natal verdadeira, decorada em família com os nossos pequenotes...

Bem sei que não será fácil, até porque os 2 mais novos querem é agarrar-se a tudo para se levantar, e a mais velha se vê a árvore com as bolas lá penduradas não vai descansar enquanto as bolas não andarem todas pelo chão a rolar, mas este será o primeiro Natal a sério dela e dos irmãos (o ano passado os irmãos estavam no Hospital e não havia espirito para Natal, e no anterior ainda era muito pequena para perceber o que quer que fosse), por isso queremos que seja inesquecível...

Dia de festa

Pois que cá por casa os pimpolhos mais novos fizeram 1 ano...

O ambiente não está nada propicio para festas, porque a saúde de um familiar está muito debilitada, mas ainda assim resolvemos fazer um lanchinho para a família...

Foi giro, a família lá veio carregada de presentes (muita roupa, o que dá sempre jeito nesta altura que eles dão saltos enormes de tamanho...) e ficaram todos encantados com o grandes que os meus pequenos estão...

Cantamos os parabéns, a minha mais velha soprou as velas (que os mais novos ainda não sabem o que isso é :-) ).

Foi um dia bom...

E já temos carro novo...

Não anda nada de jeito, é a gasolina, mas ainda assim tem consumos muito próximos do antigo, e sinto falta de uma data de paneleirices que eu dizia que no outro só serviam para encher a consola central...

Mas é meu, e vai ter que me durar até me sair o Euromilhões, ou os putos terem todos 18 anos, o que ocorrer primeiro...