sexta-feira, 22 de maio de 2015

E pronto...

Foi com dor que me despedi da minha casa dos últimos anos...
Este fim-de-semana espero conseguir responder a todos os comentários que tenho recebido entretanto, mas não quero deixar de agradecer a força que me deram...
Os próximos tempos serão certamente atribulados, acabei de sair do meu espaço para enfrentar um novo desafio, e que desafio que vai ser... Uma área diferente, uma estrutura diferente, necessidades diferentes...
Uma coisa é certa, aqui o será fundamental lidar com os trabalhadores no dia-a-dia, coisa porque muito lutei onde estava, mas que nem sempre era possível. Outra coisa que me atrai é que aqui pareceram estar abertos à mudança, experimentar coisas novas, o que do outro lado era um travão...

Enfim, veremos como corre...
Como é de que de esperar nos próximos dias sou capaz de estar um pouco afastado, mas vou andar por perto.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Custa...

Perceber que ao fim de quase 8 anos de trabalho a dar tudo nesta empresa não passo de um número...
Neste momento é menos o valor do meu salário que a empresa terá que suportar (que a pessoa que me vem substituir terá um salário muito abaixo do meu...), menos o valor do meu prémio anual (que reporta ao ano anterior, e deveria ter sido pago em Abril e não foi por um atraso burocrático, mas que já me informaram que ficava sem efeito).
Perceber que o facto de me ter disponibilizado a trabalhar a partir de casa até à entrada da minha substituta, porque não queria deixar a empresa na mão não significou nada a meu favor...
Perceber que irei perder muito dinheiro porque apesar de estar a trabalhar para a empresa (em casa, mas a assegurar todas as minhas funções como se estivesse no escritório), de ter 41 dias de férias por gozar, que poderiam muito bem ser gozados agora, me será cobrado integralmente o pré-aviso que eu deveria ter dado penalizando-me assim em em termos de IRS.
Perceber que o gozar as férias, ou pagar o pré-aviso tem praticamente o mesmo impacto na empresa...
Só me deixa com vontade de sair daqui amanhã e não voltar a ouvir falar nos meus chefes... Infelizmente se eu o fizer vai sobrar para quem não tem qualquer culpa destas decisões, para aqueles que choraram quando disse que me ia embora, e que me dizem que percebem a minha saida, e estão felizes por ir para melhor, mas que por outro lado estão tristes por ser eu a sair...

Dói... Dói muito...

Foram quase 8 anos em que dei tudo o que podia. Fiz o que era minha obrigação e o que não era minha obrigação. Fiz mudanças no escritório, mudei lampadas, troquei interruptores, arranjei computadores, inventei soluções para contornar problemas, tudo para além daquilo para que fui contratado. Desenrasquei muita gente, mesmo quem acabou de me provar que não merecia...

Ainda me está a custar deixar de beber o café da manhã e discutir trivialidades (e outras coisas mais pessoais) com 2 pessoas, custa saber que não vou ter companhia para ir ao Mac (nem vou ter um Mac perto para ir almoçar) quando o dia me corre mal, ou que vou ser a companhia para quando o dia corre mal a outros, mas o facto de deixar a empresa, já não me custa...
Desde ontem deixei de vestir a camisola... E sei que o que aconteceu (e os meus chefes fizeram questão de não o esconder) também fez com que outras pessoas perdessem alguma consideração pela camisola que representam...

É duro perceber que os gestores das empresas portuguesas não têm a menor sensibilidade...

Eu quis sair a bem... Infelizmente algumas pessoas não percebem isso... Algumas pessoas não percebem que neste momento eles ainda vão precisar muito de mim... Só que ai sim, a minha vontade é responder-lhes torto... Mas enfim... A minha consciencia não me permite...

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Atingi o ponto de não retorno...

Atingi o ponto de não retorno na Segunda-feira passada, quando entreguei a carta de demissão.
Ando aqui num misto de emoçoes que nem sei, há 2 noites que não durmo, hoje ao vir para o trabalho só me apetecia chorar...
São quase 8 anos nesta casa, aprendi muito do que sei aqui. Tenho aqui grandes amigos, e a reacção que tiveram quando souberam que me ia embora ainda me deixou mais dividido, houve um choque geral, e nalguns casos lágrimas...

Só me restam dois dias aqui, mas ainda não tenho a certeza de ter tomado a decisão certa... Tenho medo de ter posto em causa o sustento da minha familia caso a mudança corra mal, mas por outro lado se correr bem vamos ter muito mais qualidade de vida (e por qualidade de vida não me refiro ao factor financeiro, já que o que pesou mesmo foi o facto de agora trabalhar a 60kms de casa e passar a trabalhar a 3)...

Estou num misto de emoções que não me lembro de ter estado nunca, e não estou a conseguir controlar isto...

Amanhã é dia de assinar contrato... Veremos se as coisas começam a endireitar...

segunda-feira, 18 de maio de 2015

E pronto...

Hoje foi dia de informar a minha entidade patronal da minha saída, que afinal será mais precoce do que pensava...
Na próxima semana já querem que inicie funções no novo emprego, pelo que, para não deixar ninguém pendurado, vou ter que trabalhar a partir de casa à noite durante cerca de um mês, vai ser duro, mas não ficaria bem se não o fizesse...

Ainda falta acertar pequenos pormenores da minha rescisão, como o meu ultimo dia efectivo de contrato, mas para isso temos tempo...

domingo, 17 de maio de 2015

Fim de férias...

Ultimo fim-de-semana de férias...
Ontem, passeio a Tróia e descoberta de greve quando pretendíamos regressar... Resultado, o que era suposto ser um passeio curto apenas para levar a pequenina mais velha a andar de barco transformou-se num semi pesadelo em que nós ficamos presos com 3 crianças sem estar-mos minimamente prevenidos... Voltamos 2horas mais tarde que o previsto, mas felizmente sem mais incidentes...
Hoje a mulher acordou muito mole, a meio do dia estava muito fraca e desmaiou... Resultado, um passeio às urgências do hospital mais próximos onde ainda aguardamos o resultado de análises... Enquanto ela dorme na bagageira do carro eu oiço o Glorioso e vou-me actualizando no face coisas...

Amanhã é dia de regresso ao trabalho, mas na semana passada houve alguns desenvolvimentos a nível profissional e se amanhã chegar-mos a acordo está será uma das últimas semanas no meu emprego actual... Ao fim de quase 8 anos tudo indica que será mais um ciclo que chegou ao fim...

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Férias...

Diz que vou ter uma semana a ter que dizer todos os dias a um colega que continuo de férias até ao final da semana...

É sempre assim, não vejo porque a próxima semana possa ser excepção...

Mas enfim... Para a semana estou de férias, segunda-feira vai ser passada no hospital, mas o resto dos dias vai ser peace and quiet (ou não...) com os meus rebentos...

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Gadgets...

Como já muita vez disse por aqui sou completamente fã de gadgets e todo o tipo de aparelhómetros electricos, mas curiosamente numa altura em que o que está na moda é a transposição dos telemóveis para os relógios (os chamados smartwatches) sempre me mantive à margem desta tecnologia... Sempre achei que era uma moda passageira, e que a coisa não ia pegar...

Isso era o que eu achava até hoje, quando li este artigo...

Continuo a dizer que se calhar a coisa não vai pegar, mas que há coisas giras que se podem fazer com estes aparelhómetros afinal há...

terça-feira, 5 de maio de 2015

E aqueles blogues que sempre nos acompanharam

E de repente deixaram-se de escritas?

Tenho particularmente saudades destas 2 blogguers:
- Belle du Jour,
- Sintonia.

(Isto é uma forma nada encapotada de vos pressionar...)

Beijinhos às duas que sei que ainda por cá vêm de vez em quando...

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Coisas de Segunda-feira...

Já ia a meio do caminho para o trabalho quando reparei que me esqueci de fazer a barba...

Há dias assim...

Do meu IRS

Alguém especialista no tema por aqui?
Tenho 2 dúvidas relacionadas com um arrendamento e uma relacionada com o resgate de um PPR que não consigo esclarecer de forma nenhuma e estou com medo que a AT não me responda atempadamente...

Se alguém me puder ajudar que comente ou me manda um mail, please...

Obrigado.