sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

E eis que no primeiro dia de 2015...

O nosso pimpolho foi para casa...
Tudo teria sido perfeito se a irmã não tivesse regressado entretanto ao hospital, mas no entanto, a irmã é forte, e não se prevê que o internamento seja muito prolongado...

Não vejo a hora de ter a prole toda debaixo da minha asa...

Sem comentários: