segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Da época natalicia (parte II)

Ora pois que estava previsto este fim-de-semana ir-mos tratar da nossa árvore de Natal, mas uma mudança inesperada de planos trocou-nos as voltas... O falecimento do avô da minha esposa obrigou-me a outros compromissos durante o fim-de-semana para poder acompanhar a família...

Assim, e uma vez que continuamos a querer fazer a árvore de Natal (o falecimento era esperado a qualquer momento, pelo que apesar da dor pretendemos manter as rotinas dentro do que conseguirmos), amanhã vamos ver se conseguimos arranjar um pinheiro para decorar com os nossos pimpolhos...

Também queríamos ir à Vila Natal em Óbidos, mas isso parece-me que será mais complicado, portanto este ano se calhar não vai dar...

Quase 33...

Pois diz que amanhã por esta hora já terei 33 anos de idade...

Estou cada vez mais novo...

E voltamos ao dia...

Que não vejo a hora de arranjar outro emprego e poder mandar este às urtigas, mas as coisas não andam fáceis...

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Da época natalicia...

Ainda não fizemos nada lá em casa, mas este ano gostávamos de ter uma árvore de Natal verdadeira, decorada em família com os nossos pequenotes...

Bem sei que não será fácil, até porque os 2 mais novos querem é agarrar-se a tudo para se levantar, e a mais velha se vê a árvore com as bolas lá penduradas não vai descansar enquanto as bolas não andarem todas pelo chão a rolar, mas este será o primeiro Natal a sério dela e dos irmãos (o ano passado os irmãos estavam no Hospital e não havia espirito para Natal, e no anterior ainda era muito pequena para perceber o que quer que fosse), por isso queremos que seja inesquecível...

Dia de festa

Pois que cá por casa os pimpolhos mais novos fizeram 1 ano...

O ambiente não está nada propicio para festas, porque a saúde de um familiar está muito debilitada, mas ainda assim resolvemos fazer um lanchinho para a família...

Foi giro, a família lá veio carregada de presentes (muita roupa, o que dá sempre jeito nesta altura que eles dão saltos enormes de tamanho...) e ficaram todos encantados com o grandes que os meus pequenos estão...

Cantamos os parabéns, a minha mais velha soprou as velas (que os mais novos ainda não sabem o que isso é :-) ).

Foi um dia bom...

E já temos carro novo...

Não anda nada de jeito, é a gasolina, mas ainda assim tem consumos muito próximos do antigo, e sinto falta de uma data de paneleirices que eu dizia que no outro só serviam para encher a consola central...

Mas é meu, e vai ter que me durar até me sair o Euromilhões, ou os putos terem todos 18 anos, o que ocorrer primeiro...

sábado, 7 de novembro de 2015

Operação feita

Não custou nada, e ainda dormi uma bela soneca...

Mas é estranho adormecer num sitio e acordar num sitio completamente diferente...
A enfermeira disse que me tentaram acordar e eu não tinha qualquer reacção aos estímulos... Deviam experimentar ter que se levantar 10 vezes por noite como me aconteceu várias vezes esta semana a ver como ficavam depois...

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

E de resto por cá...

As coisas têm andado muito complicadas, o que me tem ausentado da escrita (e da leitura também, apesar dessa ainda ir dando um olhinho aqui e ali...).

Pois lembram-se daquele carro enorme que eu comprei antes do nascimento dos gémeos? Pois que o dito cujo é de humores, e agora só anda quando lhe apetece... Isso faz com que esteja parado na oficina... Completamente parado. Isso também faz com que tenhamos que nos arranjar com o outro carro da família, que é nem mais nem menos que um Fiat Panda...
Como devem calcular por 3 cadeiras de bebé num carro deste tamanho é complicado... Levar carrinhos e tralhas é impensável, por isso imaginem a logística...
Tem-nos safado um velho carro de família, que é tão velho que nem se podem lá montar as cadeiras de crianças, e não anda a mais de 80kms/h e a descer, mas tem dado para nos arranjar-mos...

Quando disse que o nosso carro estava completamente parado, repeti-o duas vezes propositadamente, isto porque nem está a ser alvo de nenhuma intervenção... Não sabendo qual é a avaria, apenas me informaram que o carro tem problemas de motor (isto é certo que tem, que eu já o tinha notado) e seria necessário abrir o mesmo, ou seja, a reparação iria ficar entre 1500€ e 4000€ (um bocadinho menos se for eu a fazer, mas e o tempo???). Só que os problemas do carro podem não ficar por aqui, e se avançar-mos para a injecção, porque um dos sintomas também aponta para problemas nesta área, iria ter uma despesa adicional na casa dos 1000€. Claro que eu tenho plena confiança no mecânico onde tenho o carro, e somando os valores que falei acima, mais os 10 anos que já tem, e os 200.000kms que já rodou (segundo o conta kms, porque também me mostraram alguns indícios que o carro teria ido ao dentista arrancar kms, mas isso nem quis aprofundar) pelo que não duvidei quando ele que me aconselhou a vender o carro enquanto ainda anda (quando está de bom humor).

Assim, e para não tornar a correr riscos com carro usados sem que se saiba o historial, fomos procurar alternativas... As opções não são muitas, principalmente quando o orçamento é limitado como o nosso. Com algum esforço chegamos à conclusão que conseguiríamos comprar o monovolume mais barato do mercado novo, e essa foi a nossa opção... Assim, neste momento estou à espera da entrega de um Dacia Lodgy, sem equipamento nenhum para além do Ar Condicionado, e que devemos ir levantar no final de Novembro. Até lá temos que nos ir aguentando como estamos, sob pena de o outro dar o berro de vez e me desvalorizarem o pouco que ainda valorizaram a retoma.

Do meu planeamento familiar... (parte II)

Ora pois muito bem,

No final da semana passada fui contactado pelo Hospital já com a data da cirurgia.

Após uma longa reflexão entre nós acabou a indecisão e vou mesmo fazer a Vasectomia. A possibilidade de mais um rebento seria algo mesmo muito complicado, e já vamos bem servidos...

Assim, amanhã (sim, vai ser mesmo ao Sábado...) por esta hora estarei no hospital para me tratarem da saúde...

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Faz hoje 10 anos do pior dia da minha vida...

Quem me dera poder ainda ter-te aqui, quem me dera que pudesses conhecer o teu neto, e as tuas netas...

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Hoje não me apetece fazer nada...

Estou com uma moleza que nem me aguento...

Não vejo a hora de sair daqui e ir para casa...

Dia da alimentação saudável...

Dizem que é hoje...

Ora para mim é um dia qualquer... Nunca tive qualquer cuidado com a minha alimentação, mas gosto principalmente de coisas que não fazem muito mal, por isso nunca tive problemas.

Neste momento isso muda um bocadinho... Estou numa fase em que nem me apetece comer. Tenho fome, mas parece que tenho preguiça de comer... Isso está-se a tornar um pouco preocupante porque estou a ficar muito magro. A roupa está toda larga, já se começam a notar os ossos das costelas, e mesmo na cara já se nota bem...

Preciso urgentemente de engordar, e claro com saúde... Caso não o consiga fazer sozinho terei mesmo que procurar um nutricionista, que assim não posso andar...

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Sonhos...

Esta noite sonhei que esta menina foi à despedida de solteira da minha mulher...

Ou eu já estou maluco, ou a blogosfera está-me a deixar...

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Do meu planeamento familiar...

Como não é segredo eu sou o Pai, babado, de três pestinhas pequenas...
 
Tanto eu como a minha esposa gostávamos de ter 3 filhos, no entanto, tememos que a conjuntura económica actual dificultasse essa tarefa, pelo que ficaríamos bem com 2.
 
O destino tem muita força, e se queríamos que o segundo filho não tivesse uma idade muito distante do primeiro, pregou-nos a partida de nos mandar gémeos na segunda fornada...
 
Ambas as gravidezes foram muito complicadas, com internamentos prolongados da mãe (e para os gémeos 1 mês e meio de neonatologia...), mas o gostinho ficou lá.

Após este percalço, eu e a minha mulher, decidimos tomar medidas, e se a laqueação das trompas era complicada, por ela ter sido submetida e uma cesariana recentemente, decidimos avançar para outra alternativa; a vasectomia...
 
Ora por força de uma série de factores tal ainda não aconteceu, tenho os exames todos feitos, e neste momento estou em lista de espera para a cirurgia, o que, não se tratando de um caso de vida ou de morte, pode demorar.
 
Nos dias que correm falamos muitas vezes que gostaríamos de ser pais novamente, mas neste momento o constrangimento é mais a nível logístico, não te-mos espaço em casa, as deslocações tornar-se-iam muito mais complicadas, o dinheiro não abunda (nós nem abono recebemos), já para não falar do tempo que um bebé necessita.
 
Mas ver este vídeo, e ver exemplos como o das SMS, fazem-me repensar a opção da vasectomia, e pensar se efectivamente será uma boa opção...
 
A Vasectomia não me assusta minimamente, é um procedimento muito pouco invasivo, e o risco é mínimo, o que me assusta mesmo é pensar que daqui por uns anos podemos querer vir a ser novamente pais e nessa altura não poder...

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Pesadelos ou terrores nocturnos ou whatever...

Alguém tem a solução para isto?

Já começo a andar cansado de ter a pequena mais velha a acordar todas as noites, sem excepção, por causa dos sonhos maus, a queixar-se que tem medo e que tem "dói-dói" na cabeça...

Já chegamos a pensar que ela poderia ter mesmo alguma coisa na cabeça, mas depois chegamos à conclusão que ela apenas percebe que os pesadelos são coisas da cabeça dela e por isso, como não sabe como os designar, diz que tem "dói-dói" na cabeça...

Ontem foi de hora em hora a ter que me levantar para a ir acalmar...

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

...


Pois que por aqui está tudo bem...

Nos últimos dias o ambiente no trabalho tem melhorado muito, pode ser que as coisas se componham...

Voltei um pouco à fase mais relax e menos tensa, que estava a acabar comigo.

Agora também espero com o tempo, e gradualmente, conseguir vir escrever mais, e melhor...

Já chega de fase negativa, que já lá vai mais de um ano que anda em cima de nós...

Tenho sono...

É só o que me apraz dizer...

Há demasiadas noites que a malta pequena anda sem dormir em condições, ora são os pesadelos da mais velha, ora são as constipações dos mais novos e nós sempre atrás...

Já é muita noite mal dormida, algumas em que não dormimos nada, mas ser Pai é isso mesmo não é?

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Então e por cá?

Olhem...

Por cá andamos...
Os problemas de saúde que referi no ultimo post não estão resolvidos, mas estão minimizados... Resumindo muito rapidamente, aquilo que se pensou ser uma depressão profunda transformou-se em doença bipolar, pelo que agora também está do nosso lado aprender a viver com os dias eufóricos e bem como com os dias depressivos...

A minha maltinha pequena está bem e recomenda-se.
Depois de um inicio de ano lectivo muito atribulado, com a mais velha a mudar de creche e a ser terrivel deixa-la lá diariamente pela birra que ela fazia, e os mais pequenos pela primeira vez longe dos cuidados da família, tudo se resolveu, e felizmente acho que até correu muito bem...

E o meu emprego... Pois... Cá continuamos... De facto este não era de todo o meu emprego de sonho. As coisas aqui não são nenhum mar de rosas, mas pelo menos pagam ao fim do mês, certinho... Cada vez me preparo mais para ver o meu contrato rescindido no final do período experimental, da mesma maneira que cada vez me convenço mais que ainda não fui dispensado porque isso iria implicar que o serviço de pessoal ficasse sem ninguém que perceba efectivamente desta função... Felizmente o mercado é vasto, parece-me que já esteve pior, e já tive algumas propostas que ainda não aceitei porque aqui estou a 5 minutos de casa e posso ir levar e buscar a pequenada toda à creche, coisa que trabalhando mais longe, mesmo que pouco, se tornaria complicado... Veremos o que o futuro me reserva.

De resto está tudo bem, muitas noites sem dormir, muito choro e birras, muita sopa espalhada pela casa toda, basicamente o normal para quem tem filhos; já que neste momento a minha vida resume-se a ser pai e trabalhador, mais nada...



sexta-feira, 24 de julho de 2015

Recomeçou a corrida aos hospitais...

E não,

Desta vez não é gravidez...

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Problemas familiares...

Pois é,

Todos os temos, e por vezes afectam-nos muito...

O problema não é com a minha mulher nem com os meus filhos, mas é com a família dela, que é para tudo também a minha família...

As coisas em casa dos meus sogros andam bastante complicadas. Há um problema de saúde grave, que não produz risco de vida, mas complica muito as coisas...
O diagnóstico é irreversível, mas pode ser controlado com medicação. Infelizmente neste tipo de situações vai sendo por tentativa erro, até chegar à solução mais satisfatória, e só após cerca de 1 mês de detectado o problema é que se tentou iniciar o tratamento.
Estamos neste momento na segunda tentativa, e não será de todo esta a melhor... Hoje à nova visita ao médico, e esperemos que se comecem a ver melhoras em breve...

E hoje são 4 anos...

Há 4 anos atrás, por esta hora, já os dois tínhamos dado o "Sim" que nos iria unir para o resto das nossas vidas...

Das coisas lá do trabalho...

Felizmente estão a correr melhor...

Após uma conversa sincera com a minha chefe consegui que me fosse dada mais margem para me adaptar e as coisas começaram a correr melhor e certas...

Descobri que os problemas familiares me estavam a afectar mais do que deviam, e por isso neste momento já me consegui abstrair mais da situação...

sexta-feira, 17 de julho de 2015

As coisas começam a ir ao sitio...

É tudo uma questão de hábito...

Não tarda já ando em velocidade de cruzeiro...

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Esta treta no emprego...

Está-me a dar cabo da sanidade mental...

Já não como em condições, não durmo em condições, ando completamente desmotivado e implico com tudo e com todos... Só consigo pensar no que perdi com esta mudança, e ainda não consegui usufruir das coisas que mudaram para melhor...

Alguma coisa terá que mudar, e como preciso do salário para sobreviver, não poderá ser isso, portanto, tenho que arranjar maneira de me por fino, a trabalhar, descansar e comer em condições porque assim não posso continuar...

terça-feira, 14 de julho de 2015

Baptizado...

Pois é, lá em casa andamos a tratar do Baptizado (sim, com P que essa coisas do acordo ortográfico é algo que não me assiste), portanto entre roupinhas, tratar de convites, restaurante, etc, tem sido tudo uma correria...
O Baptizado tinha que ser mesmo no fim-de-semana que é porque senão não conseguíamos ter todos os padrinhos presente, mas vai coincidir com festas aqui na terra, por isso vai ser uma confusão.

Como se isso não fosse suficiente, hoje vou ter que ir ter uma conversa derradeira com o Padre. Isto porque a minha Madrinha, que vai ser Madrinha da minha pequenota mais nova não é crismada, nem fez a primeira comunhão. Apesar disso a minha posição é de que se ela não puder ser madrinha da minha filha eles não vão ser baptizados...

Ela é minha madrinha, e desde que é gente que sempre foi o pilar da minha família, ela é que nos segurou quando o meu pai faleceu, ela é que me ajudou a acabar o curso, ela é que esteve ao nosso lado quando a minha mãe entrou em depressão, ela é que sempre esteve lá... E se a ideia dos padrinhos é substituir os pais na ausência destes então não vejo melhor madrinha para a minha filha... E falo por experiencia própria...

Lá por casa...

Anda tudo caótico...

Já não bastava os problemas que tenho no trabalho, que teima em não encarreirar, e que me está a criar mini ataques de pânico cada vez que penso que tenho que vir trabalhar, agora ainda tenho também que me preocupar com a família da minha mulher...



segunda-feira, 6 de julho de 2015

...

No próximo dia 23/07 já faço 4 anos de casado... Parece quase que foi ontem...

No primeiro ano fui eu a ser enganado (vejam aqui), vamos ver se este ano consigo pagar na mesma moeda...

Já vos tinha dito...

Que a minha pequenina já tem 2 dentinhos?

Ainda não? Claro que não, quase nem tenho escrito por aqui... Mas é verdade... E hoje ao almoço enquanto dávamos melancia (pela primeira vez ao pequerrucho) descobrimos que ele também já tem um de fora... Estão uns grandalhões os meus pequenos...

Hoje também foi dia de consulta na Neonatologia do Hospital, o prognostico não é muito bom... Ele tem a cabeça muito deformada, o que o vai obrigar a ter que fazer tratamento. Segundo a médica ele tem o que seria equivalente num adulto a um torcicolo, só que no caso dele é permanente, o que o obriga a virar mais para um lado do que para o outro... Para além de uma série de exercícios que teremos que fazer com ele, ainda terá que fazer fisioterapia para ver se começa a endireitar...

A irmã, por sua vez, já não tem esses problemas, mas de um dia para o outro ficou muito entupida, e a médica confirmou que já está a passar para os pulmões, o que significa que ai vem mais uma sessão de aerossóis e medicação para ela, e espero que seja só isso, porque neste momento não quero pensar como será tê-la internada outra vez...

Quanto à mana mais velha fez-se à vida e está uma crescida... Neste momento já diz praticamente tudo, e entende tudo o que lhe dizemos (o que para quem ainda nem tem 2 anos é muito bom). O maior problema dela é que tem o feitio demasiado vincado, costumo em tom de brincadeira dizer que herdou o feitio da mãe (mas na verdade o mau feitio deve ter herdado é do pai). Nós tentamos fazer montes de coisas com ela, passeios, actividades, etc. Este fim-de-semana fomos ao Festival do Panda e às Barriga de Amor. Ontem a meio do dia lá decidiu que não queria mais e mandou-se ao chão, mas tirando isso e o choro quando viu os bonecos do OLX a mexer-se até correu bem. O pior foi mesmo quando chegamos a casa. O banho e o jantar foram um tormento, mas lá se levou e dormiu como uma pedra a noite toda...

Continuo a ser um Pai muitíssimo babado e feliz com os meus pequenos, e a coisa que mais gosto de fazer é mesmo leva-los a passear e brincar com eles... Espero que eles gostem tanto como eu dessas actividades...

Concretizando...

Bom...

Como já disse no post anterior, a minha mudança de emprego não foi a mais satisfatória... Neste momento, e após o fim do período experimental estou farto de levar na cabeça (mas ainda não fui despedido) porque supostamente eu já devia conhecer todas as rotinas, e especificidades da empresa...

Vindo eu de uma empresa de prestação de serviços para uma Industria há muita coisa que muda, e logicamente a rotina da empresa é completamente diferente... Já tive várias falhas, algumas porque não fazia ideia que eram da minha responsabilidade (coisas que não são nada relacionadas com os RH), outras porque não me foram passados os procedimentos internos e eu fiz como estava acostumado, outras ainda porque de facto tive um pico de trabalho e não consegui responder a tudo em condições...

O maior problema que vou encontrar aqui é que vim substituir uma pessoa que aparentemente fazia tudo bem, e estava cá há 8anos (conhecia a empresa de ponta a ponta...).

Há conta de tudo isso perdi completamente a motivação, e nem consegui passar este ultimo fim-de-semana descansado... Este stress está a dar cabo de mim e hoje de manhã acabei por descarregar em quem não tem culpa nenhuma do que me está a acontecer e discuti com a minha mulher... Tenho que arranjar uma maneira de ultrapassar isto, e voltar a ser um bom profissional, porque neste momento (com tanto puxão de orelhas que tenho levado, e muitos, apesar de desconhecer a empresa e não ter o trabalho todo passado adequadamente, com razão) não me sinto nada capaz de fazer nada, nem de resolver nada sozinho, o que acaba por me tornar um peso para a organização...

Espero que este seja o ultimo post deste tema, e daqui para a frente seja só coisas boas...

Enfim...

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Relativamente ao meu novo emprego...

Vim-me enfiar num ninho de cobras...

Em pouco mais de um mês que eu estou nesta casa só resta a CFO e a Tesoureira, todo o restante departamento foi embora... Curiosamente todos, sem excepção, me disseram " tem muito cuidado com a tua chefe, porque neste departamento ninguém para muito tempo"...

Começo a perceber o porque, e se a principio pensava que a rotatividade era por as pessoas selecionadas não terem o perfil adequado para o lugar agora percebo que ninguém nunca terá esse perfil... Como eu não sou excepção, também já percebi que se não for antes, daqui por 5 meses quando o meu contrato estiver para renovação vou dar uma volta...

Neste momento sinto-me numa posição muito delicada, porque já percebi que por mais e melhor que eu faça não conseguirei fazer o suficiente para ser reconhecido, e se durante algum tempo andei a lutar e a dar tudo por tudo por aguentar todas as frentes, esta semana não consegui mais, e deixei duas pontas soltas...

Depois de um fecho de mês em que todo o sistema informático foi sabotado (por uma das pessoas que foi embora, mas isso são outras núpcias...) e tive que processar 170 trabalhadores à mão (para não haver atrasos no pagamento dos salários) e depois reprocessar tudo no sistema (para ser integrado na Contabilidade), em que tive entrevistas atrás de entrevistas para substituir as pessoas que entretanto vão saindo, que tenho tido reuniões atrás de reuniões de compromissos da minha antecessora, acabei por levar por tabela por questões tão básicas como ter demorado meio dia a avaliar perfis, ou ter comentado uma questão legal (que nem foi especifica da empresa, mas que decorre da lei) com outro trabalhador...

Bem sei que não me posso ir embora do nada, porque nesse caso a subsistência da minha família ficaria em causa, mas dói-me perceber que esta troca de empresa, que há tanto tempo pretendia, teve muito mais percas do que ganhos...

domingo, 28 de junho de 2015

Ainda por cá ando...

Mas sinceramente, se arrependimento matasse já estava debaixo dos torrões há 3semanas...

sexta-feira, 22 de maio de 2015

E pronto...

Foi com dor que me despedi da minha casa dos últimos anos...
Este fim-de-semana espero conseguir responder a todos os comentários que tenho recebido entretanto, mas não quero deixar de agradecer a força que me deram...
Os próximos tempos serão certamente atribulados, acabei de sair do meu espaço para enfrentar um novo desafio, e que desafio que vai ser... Uma área diferente, uma estrutura diferente, necessidades diferentes...
Uma coisa é certa, aqui o será fundamental lidar com os trabalhadores no dia-a-dia, coisa porque muito lutei onde estava, mas que nem sempre era possível. Outra coisa que me atrai é que aqui pareceram estar abertos à mudança, experimentar coisas novas, o que do outro lado era um travão...

Enfim, veremos como corre...
Como é de que de esperar nos próximos dias sou capaz de estar um pouco afastado, mas vou andar por perto.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Custa...

Perceber que ao fim de quase 8 anos de trabalho a dar tudo nesta empresa não passo de um número...
Neste momento é menos o valor do meu salário que a empresa terá que suportar (que a pessoa que me vem substituir terá um salário muito abaixo do meu...), menos o valor do meu prémio anual (que reporta ao ano anterior, e deveria ter sido pago em Abril e não foi por um atraso burocrático, mas que já me informaram que ficava sem efeito).
Perceber que o facto de me ter disponibilizado a trabalhar a partir de casa até à entrada da minha substituta, porque não queria deixar a empresa na mão não significou nada a meu favor...
Perceber que irei perder muito dinheiro porque apesar de estar a trabalhar para a empresa (em casa, mas a assegurar todas as minhas funções como se estivesse no escritório), de ter 41 dias de férias por gozar, que poderiam muito bem ser gozados agora, me será cobrado integralmente o pré-aviso que eu deveria ter dado penalizando-me assim em em termos de IRS.
Perceber que o gozar as férias, ou pagar o pré-aviso tem praticamente o mesmo impacto na empresa...
Só me deixa com vontade de sair daqui amanhã e não voltar a ouvir falar nos meus chefes... Infelizmente se eu o fizer vai sobrar para quem não tem qualquer culpa destas decisões, para aqueles que choraram quando disse que me ia embora, e que me dizem que percebem a minha saida, e estão felizes por ir para melhor, mas que por outro lado estão tristes por ser eu a sair...

Dói... Dói muito...

Foram quase 8 anos em que dei tudo o que podia. Fiz o que era minha obrigação e o que não era minha obrigação. Fiz mudanças no escritório, mudei lampadas, troquei interruptores, arranjei computadores, inventei soluções para contornar problemas, tudo para além daquilo para que fui contratado. Desenrasquei muita gente, mesmo quem acabou de me provar que não merecia...

Ainda me está a custar deixar de beber o café da manhã e discutir trivialidades (e outras coisas mais pessoais) com 2 pessoas, custa saber que não vou ter companhia para ir ao Mac (nem vou ter um Mac perto para ir almoçar) quando o dia me corre mal, ou que vou ser a companhia para quando o dia corre mal a outros, mas o facto de deixar a empresa, já não me custa...
Desde ontem deixei de vestir a camisola... E sei que o que aconteceu (e os meus chefes fizeram questão de não o esconder) também fez com que outras pessoas perdessem alguma consideração pela camisola que representam...

É duro perceber que os gestores das empresas portuguesas não têm a menor sensibilidade...

Eu quis sair a bem... Infelizmente algumas pessoas não percebem isso... Algumas pessoas não percebem que neste momento eles ainda vão precisar muito de mim... Só que ai sim, a minha vontade é responder-lhes torto... Mas enfim... A minha consciencia não me permite...

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Atingi o ponto de não retorno...

Atingi o ponto de não retorno na Segunda-feira passada, quando entreguei a carta de demissão.
Ando aqui num misto de emoçoes que nem sei, há 2 noites que não durmo, hoje ao vir para o trabalho só me apetecia chorar...
São quase 8 anos nesta casa, aprendi muito do que sei aqui. Tenho aqui grandes amigos, e a reacção que tiveram quando souberam que me ia embora ainda me deixou mais dividido, houve um choque geral, e nalguns casos lágrimas...

Só me restam dois dias aqui, mas ainda não tenho a certeza de ter tomado a decisão certa... Tenho medo de ter posto em causa o sustento da minha familia caso a mudança corra mal, mas por outro lado se correr bem vamos ter muito mais qualidade de vida (e por qualidade de vida não me refiro ao factor financeiro, já que o que pesou mesmo foi o facto de agora trabalhar a 60kms de casa e passar a trabalhar a 3)...

Estou num misto de emoções que não me lembro de ter estado nunca, e não estou a conseguir controlar isto...

Amanhã é dia de assinar contrato... Veremos se as coisas começam a endireitar...

segunda-feira, 18 de maio de 2015

E pronto...

Hoje foi dia de informar a minha entidade patronal da minha saída, que afinal será mais precoce do que pensava...
Na próxima semana já querem que inicie funções no novo emprego, pelo que, para não deixar ninguém pendurado, vou ter que trabalhar a partir de casa à noite durante cerca de um mês, vai ser duro, mas não ficaria bem se não o fizesse...

Ainda falta acertar pequenos pormenores da minha rescisão, como o meu ultimo dia efectivo de contrato, mas para isso temos tempo...

domingo, 17 de maio de 2015

Fim de férias...

Ultimo fim-de-semana de férias...
Ontem, passeio a Tróia e descoberta de greve quando pretendíamos regressar... Resultado, o que era suposto ser um passeio curto apenas para levar a pequenina mais velha a andar de barco transformou-se num semi pesadelo em que nós ficamos presos com 3 crianças sem estar-mos minimamente prevenidos... Voltamos 2horas mais tarde que o previsto, mas felizmente sem mais incidentes...
Hoje a mulher acordou muito mole, a meio do dia estava muito fraca e desmaiou... Resultado, um passeio às urgências do hospital mais próximos onde ainda aguardamos o resultado de análises... Enquanto ela dorme na bagageira do carro eu oiço o Glorioso e vou-me actualizando no face coisas...

Amanhã é dia de regresso ao trabalho, mas na semana passada houve alguns desenvolvimentos a nível profissional e se amanhã chegar-mos a acordo está será uma das últimas semanas no meu emprego actual... Ao fim de quase 8 anos tudo indica que será mais um ciclo que chegou ao fim...

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Férias...

Diz que vou ter uma semana a ter que dizer todos os dias a um colega que continuo de férias até ao final da semana...

É sempre assim, não vejo porque a próxima semana possa ser excepção...

Mas enfim... Para a semana estou de férias, segunda-feira vai ser passada no hospital, mas o resto dos dias vai ser peace and quiet (ou não...) com os meus rebentos...

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Gadgets...

Como já muita vez disse por aqui sou completamente fã de gadgets e todo o tipo de aparelhómetros electricos, mas curiosamente numa altura em que o que está na moda é a transposição dos telemóveis para os relógios (os chamados smartwatches) sempre me mantive à margem desta tecnologia... Sempre achei que era uma moda passageira, e que a coisa não ia pegar...

Isso era o que eu achava até hoje, quando li este artigo...

Continuo a dizer que se calhar a coisa não vai pegar, mas que há coisas giras que se podem fazer com estes aparelhómetros afinal há...

terça-feira, 5 de maio de 2015

E aqueles blogues que sempre nos acompanharam

E de repente deixaram-se de escritas?

Tenho particularmente saudades destas 2 blogguers:
- Belle du Jour,
- Sintonia.

(Isto é uma forma nada encapotada de vos pressionar...)

Beijinhos às duas que sei que ainda por cá vêm de vez em quando...

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Coisas de Segunda-feira...

Já ia a meio do caminho para o trabalho quando reparei que me esqueci de fazer a barba...

Há dias assim...

Do meu IRS

Alguém especialista no tema por aqui?
Tenho 2 dúvidas relacionadas com um arrendamento e uma relacionada com o resgate de um PPR que não consigo esclarecer de forma nenhuma e estou com medo que a AT não me responda atempadamente...

Se alguém me puder ajudar que comente ou me manda um mail, please...

Obrigado.

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Amanhã é dia...

De entregar o IRS...
Vamos lá ver o que o que me espera...

Todos os dias...

Tenho montes de assuntos para escrever...
O problema é que o único bocado que tenho livre é quando vou para o trabalho ou quando regresso a casa, e nessa altura tenho as mãos ocupadas com outras coisas...

Por isso, olhe, vou andando por cá... em modo low profile, mas vou andando...

Eu tardo mas não falho...

A Boneca Abertalhada desafiou-me e por isso aqui estou...

Primeiro tenho de revelar 11 factos sobre mim
1. Sou dorminhoco;
2. Adoro tudo o que é maquinas (computadores, carros, electrodomésticos, etc...);
3. Ao fim de 1 semana de namoro fui viver com a minha esposa;
4. Adoro passear ao ar livre;
5. Adoro conduzir sem destino;
6. Adoro gadgets;
7. Sou super desmazelado com a roupa (muitas vezes ando com roupa por engomar, mas sempre lavada...);
8. Ainda não percebi como é que consegui o meu emprego (é que aqui é quase tudo à base de cunhas, e eu não conhecia ninguém quando para cá entrei...);
9. Qualquer dia perco a cabeça e mando o ADM da empresa onde trabalho a um sitio pouco agradável;
10. Sou sempre o primeiro a chegar ao escritório;
11. Apesar de não escrever é muito raro o dia que não vejo os blogs que sigo mais assiduamente...

As 11 perguntas da boneca:

1. Onde encontraste a Boneca?
Epah... Nem sei... Será que fui eu que te encontrei ou tu é que me encontras-te a mim???

2. Top 3 das coisas que nunca deixas em casa.
Tirando a cabeça tudo o resto corro o risco de me esquecer... Quando chego a casa tenho que deixar chaves, telemóveis e carteira tudo empilhado, senão é certinho que no dia seguinte o que não está na pilha fica em casa.

3. Destino de férias supremo.
Já fui ao Egipto e adorei, tive pena de não poder aproveitar mais a parte cultural, provavelmente será esse mesmo...

4. Qual a história de vida de que te mais orgulhas?
Não tenho nenhuma da qual me orgulhe em particular, mas confesso que tenho orgulho por ter chegado onde cheguei tanto a nivel pessoal como profissional...




5. Qual a história de vida de que mais te envergonhas?
Histórias há muitas, e não me apetece conta-las, mas tive uma fase de bad boy em que todos os dias tinha uma nova...

6. Porque fizeste o teu blog?
Fiz o Blog numa altura em que estava muito fragilizado e foi uma boa maneira de fazer terapia sem pagar a um psicólogo...

7. Guilty pleasure musical.
Sem dúvida a chamada musica pimba... adoro... Mas também oiço musica pop, aliás, o meu rádio está sempre na Comercial...

8. Num cenário apocalíptico, onde é que te podemos ir procurar?
Provavelmente junto à praia, mas isso depende do cenário...

9. Morango, chocolate ou baunilha?
Baunilha, sem dúvida.

10. Cães ou Gatos?
Cães, nunca fui muito à bola com gatos...

11. O que não podes perder?
  
Colocar a foto do Liebster Award no post e respectiva tag. E enviar o link do post a quem te nomeou.


Como já aconteceu nos restantes desafios, desafio toda a gente que se sentir tentada a participar, mas não vou nomear ninguém em particular...
Boneca, obrigado por te lembrares de mim...

Tag Amo/Odeio

Como podem ver pelo título, hoje é dia de Tag e fui nomeado pela Marina e pela Vânia (podem ver o blog delas aqui). A Tag foi criada por Cherry Cookie.






Regras:
  • Dizer 10 coisas que amas e 10 coisas que odeias;
  • Indicar 10 blogs para responderem à Tag;
  • Colocar a imagem da Tag;
  • Colocar o blog que deu origem à Tag;
  • Por o link de quem te indicou a Tag.

Amo:
  1. Os meus filhos... Em 2 anos vieram 3 e foi o melhor que aconteceu na minha vida;
  2. Família;
  3. Amigos;
  4. Passear ao ar livre;
  5. A minha casa;
  6. Ler;
  7. Brincar com os meus pequenos;
  8. Carros;
  9. Cinema;
  10. Viajar.
Odeio:
  1. Quando combino algo e chegam atrasados;
  2. Injustiça;
  3. Gente falsa e intriguista;
  4. Mentira;
  5. Alho Francês;
  6. Que me acordem;
  7. Quando me mudam os planos sem me dizer nada;
  8. Imprevistos que me custam dinheiro;
  9. Não ter tempo para fazer o que preciso;
  10. Não ter dinheiro para poder passear mais.
Não vou fazer nomeações, mas pelo menos aqui fica o meu contributo para este desafio...

Até breve!

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Esta noite foi terrivel...

Já não bastou eu ter-me deitado com remorsos porque gritei com a piolha mais nova (sim, eu sei que eles não percebem nada, mas depois de ter tido um trabalhão para adormecer a mais velha, por causa dos pesadelos, ela começou a berrar a plenos pulmões e voltou a acorda-la o que fez com que eu me descontrolasse completamente), quando consegui adormecer as duas pestinhas meninas, o mister decidiu que havia de nos infernizar a noite, e acordou de 15 em 15 minutos a chorar, sem que até agora não tenhamos percebido porque...

Estou de rastos... Física e psicologicamente...

Ainda bem que se aproxima o fim-de-semana...

quarta-feira, 8 de abril de 2015

IMI

Hoje ao agendar o pagamento dos IMI's (sim, dos, porque eu tenho um e a minha esposa tem outro, mas das mesmas casas...) ia tendo um treco...
Quase 500€ este mês só para os IMI's... Pior é que não fica por aqui, e outra vez o mesmo valor no final de Setembro...

Quem me lê até pensa que vivo numa mega mansão com piscina e tudo, só que não... Não moro em nenhuma barraca, aliás a minha casa é bastante boa, mas dai a justificar-se este valor de IMI PQP...

Realmente trabalho só para pagar impostos...

Ainda por cá estou...

Sim, sim, sim...

Ainda por aqui ando, mas as noites sem dormir aliado ao trabalho em excesso no emprego, e a outro trabalho com que entretanto me comprometi para ganhar uns trocos extra (que este mês é mês de pagamento de IMI...) a minha vontade de vir escrever é, como devem calcular, pouca...

Mas tenho muitos posts na cabeça... Materializa-los é que não está nada fácil...

Já agora... Meninas, estou a trabalhar nisto...

quinta-feira, 19 de março de 2015

Do dia do pai...

Comecei o meu dia do pai com uma birra da mais velha e um cócó do mais novo... Se a birra não é assim grande coisa, o cócó neste pimpolho é motivo de festa (quando há bebés comemoram-se coisas mesmo esquisitas...).

Para além disso tive direito a uma prendinha à maneira que a Mamã tratou de organizar, e ao final do dia tenho festa na creche da pimpolha...

Quanto ao meu Pai... enfim... já lá vão quase 10 anos do falecimento, por isso até há 2 anos atrás não havia comemorações neste dia... Com a gravidez dos da pimpolha mais velha começamos novamente a comemorar... Mas ainda assim falta alguma coisa...

quarta-feira, 18 de março de 2015

Desta coisa das greves dos Srs. do Metro...

Eles lá hão-de ter as suas razões, mas porra já se deixavam disso...
É que mais ninguém sente a greve, senão os utentes do Metro e os automobilistas...
E já estou um bocadinho farto disto... Só um bocadinho vá...

Mas tenho a certeza que o Primeiro-Ministro nem se dá conta que os Srs. não foram trabalhar...

O que mais me chateia...

É programar a minha vida atempadamente, sair a tempo e de repente acontecer alguma coisa inesperada e chegar tardissimo...
Foi o que me aconteceu ontem por duas vezes...
Sai mais cedo de casa para chegar cedo ao trabalho, houve um acidente em Benfica na 2ª circular e pronto, cheguei tardissimo, ao final do dia, sai às 18h para ainda conseguir dar o jantar à minha pequena mais velha apanhei nem sei bem o quê, cheguei a casa já passada das 20h...

Fico fulo...

sexta-feira, 13 de março de 2015

As minhas vendas...

Pois é...
Ando numa de despachar uma série de coisas que andam lá por casa sem uso, por isso tenho para vendaos artigos dos links indicados...
Se alguém estiver interessado os valores são todos negociáveis...

Vendo Farol traseiro direito Citroen C5

Vendo Magalhães 1ª Geração

Vendo Iphone 5

Comando ac auto ford galaxy P/N 7m5907040d

Vendo motoredutor ac - citroen c5/peugeot 407

Vendo HTC Wildfire - Desbloqueado

Leitor MP3 para Isqueiro

Sexta-feira 13

Será que é hoje que ganho o euro-milhões???

Eu não sou supersticioso, mas pela graça até fui jogar...

Já agora, nestes dias lembro-me sempre desta musica...
Sou o unico?

quinta-feira, 12 de março de 2015

Desta história de não poder levar carros mais antigos a Lisboa...

O Sr. António Costa certamente pensou em mim e na minha familia quando promulgou esta lei... É que na familia existem 4 carros, dos quais (o meu que agora é da minha esposa e é de 2005) um não está disponivel pois está equipado com as cadeiras dos rebentos e tem que estar disponivel para os ir levar e buscar onde for necessário.
Dos outros 3 (o meu e os dois dos meus sogros) o da minha esposa que agora é o meu é de 2007 um é de 1989 (sim, leram bem, mas é um clássico que permanece na familia por valor sentimental...) e o outro de 1997.
Ora a grande questão que aqui se põe é a seguinte... Os meus sogros e os avós da minha esposa têm que se deslocar com frequencia a Lisboa para consultas médicas, e por coincidencia um dos sitios onde têm que ir é onde vigora a proibição de circulação para veiculos matriculados antes de 2000. Resultado, sempre que isso acontece lá tenho eu que dispensar o meu carro para eles poderem ir sem incorrer em multas... Se ir no carro de 1997 não é mau, é um carro de um segmento médio/alto, potente QB e bastante seguro, o problema acontece quando este não está disponivel...
Na Terça-feira passada houve a necessidade de eles irem a uma dessas consultas, e tinhamos combinado a troca do carro, só que o carro de 1997 na segunda à tarde avariou... Resultado, tivemos que mudar os planos e eu fiquei com o carro mais antigo... Ora tendo em conta que esta viatura é uma carrinha tipo pão-de-forma (mas a versão de 1989), tem um motor 1.6d aquilo andar nem pensar. Andar com aquela viatura na auto-estrada é um caos, porque a velocidade máxima da carrinha é de cerca de 100kms/h, mas assim que começa a subir a velocidade baixa para os 60/70kms/h... juntando a isto, conforto nem pensar, segurança muito menos...
Pior que isso tudo, não tem Via Verde, estando eu habituado a esta maravilha das AE portuguesas já aconteceu por mais que uma vez passar na faixa em carros sem identificador tenho sempre medo que me volte a esquecer, e a multa nem é assim tão barata quanto isso...

Hoje tive que voltar a dispensar o meu carrinho, de manhã lembrei-me da falta da Via Verde, espero agora também me lembrar...

quarta-feira, 11 de março de 2015

São 18h

Hoje é um daqueles dias em que só me apetece sair do trabalho e procurar outro...
Só porque sim... Porque há dias assim...

Almoço...

Hoje foi na esplanada do MacDonalds a conspirar contra o mundo...
Temos dias assim...

Segurança Social...

Finalmente após 1500 reclamações lá me deram razão e vão-me pagar uma parte do valor que eu já tinha devolvido...

Pena que estejamos a falar de 1/4 do valor que eu reclamo, mas já é alguma coisa...

Compras...

Na semana passada fui às compras... Os acontecimentos dos ultimos tempos têm-me feito emagrecer, e as calças teimam em andar a bailar na minha cintura...
Ora eu detesto comprar roupa, pelo que quando encontro alguma coisa que gosto compro logo todas as cores existentes...
Apesar disso desta vez foi excepção. Desta vez entre outras coisas precisava mesmo de umas calças de sarja azuis (é o que dá com mais roupa minha), e encontrei logo à primeira o que procurava, e como até estavam por um bom preço comprei... Tinha sido tudo muito fácil, não fosse o facto de hoje, quando as fui vestir pela primeira vez, ter verificado que as ditas mudaram de cor... Ora se no dia da compra eram DE CERTEZA azuis, hoje quando as apanhei reparei que eram pretas...

Bolas... Agora tenho que ir comprar outras calças azuis... Mas desta vez que não mudem de cor... Aliás, esta moda do vestuário que muda de cor já me está a começar a chatear...

terça-feira, 10 de março de 2015

Porque há dias em que só podemos falar com adultos...

Os menores hoje estão proibidos de falar comigo... Não sei o que vai na minha cabeça hoje que só sai asneira...

Café...

São 11h da manhã e já levo 4 cafés...
Reflexos de uma manhã (ou deverei dizer madrugada?) para lá de caótica...

segunda-feira, 9 de março de 2015

Daquela coisa do Euro-milhões...

Não me saiu a mim...
Bolas...

Estes dias de sol...

Estão a dar cabo de mim...
Eu trabalho quase num Bunker de tão pouca luz natural que tenho, só há hora de almoço é que consigo perceber como está o tempo...
Hoje foi dia de aproveitar e almoçar na esplanada... Soube bem, saberia melhor se não tivesse tido que ser à pressa...

quinta-feira, 5 de março de 2015

Hoje é mais um daqueles dias...

Em que estou desesperado à espera que me mandem a informação urgentissima para a reunião de amanhã de manhã e teimam em não enviar...
Isso siginifica que é mais um dia em que depois de chegar a casa, tratar das crianças, jantar, voltar a tratar das crianças e pô-las a dormir tenho que regressar à sala para preparar a reunião de amanhã...

Acho uma tremenda falta de respeito brincarem assim com o trabalho dos outros, ainda por cima estamos a falar de informaçao que me devia ter sido enviada há mais de uma semana...

No meio da confusão...

Que anda a minha vida, ainda não consegui marcar férias, nem os dias de licença parental que me faltam gozar... E estão mesmo a fazer falta...

Ontem chegaram as camas que tinhamos encomendado para os nossos piolhos...

Ninguém achou estranho estarem a entregar só as camas, nem a loja que as expediu, nem o transportador (este coitado obviamente que não podia saber), nem sequer a minha esposa que as recebeu...

Só quando eu perguntei pelos colchões é que se lembrou de ir ver o que é que tinhamos comprado e percebeu que estavam em falta...
Hoje quando liguei para a loja fui informado que os colchões estavam em ruptura de stock, mas que como nós tinhamos dito que precisavamos das camas com alguma urgencia acharam melhor expedir já as camas e depois expederiam os colchões...

Ora portanto, segundo a teoria deles eu vou por os meus filhos a dormir numa cama de grades, perfeitamente segura e adequada à idade deles, mas em cima do estrado de ripas...
Claro, faz todo o sentido... Eu é que estou armado em esquisito...

Das coisas que mais detesto...

É ter que fazer a barba...

Até se pode dizer que sou um sortudo, pois só tenho que fazer a barba de 2 em 2 dias, e o meu emprego não exige que ande sempre aprumado.
Para além disso não gosto de me ver com a cara limpa, acho que fico com cara de criança, por outro lado também não gosto de me ver com a barba muito grande.

Meninas, da próxima vez que se queixarem que têm que fazer a depilação lembrem-se desta nossa parte...

quarta-feira, 4 de março de 2015

Ainda a propósito...

Disto.

O meu sonho/projecto de vida era mesmo dedicar-me à produção de vinhos e azeites... Infelizmente não nasci numa familia rica, e apesar de ser alentejano não tenho nenhum monte, nem quinta onde me possa dedicar a esta actividade.

É por isso que os meus olhos brilharam quando pus os olhos neste comunicado. Infelizmente foi sol de pouca dura, porque assim que li com mais atençaõ percebi que isso é para quem já tem terrenos, e sobretudo dinheiro...

Por outro lado ainda não perdi a esperança de me sair o euro-milhões este fim-de-semana, e se isso acontecer então já tenho o terreno em vista, e tudo esquematizado na minha cabeça...

Primavera...

Sê Bem-vinda...

Fica por cá que nós estamos a gostar da temperatura amena e do sol...
E dos dias mais compridos também... Aliás, estou a gostar muito de chegar a casa ainda de dia...

As cinquenta sombras de Grey...

Ainda não vi o filme, mas a banda sonora é fantastica...

Vejam aqui...

50 Sombras de Grey - BSO

Será qualquer coisa no ar???

Quase todos os casais que conheço que namoram desde crianças se estão a separar... Estamos a falar de casais que namoram há 15 anos, alguns já com projectos a longo prazo juntos, outros nem por isso, mas de uma maneira geral sem filhos...
Será que é alguma coisa que anda no ar? É que foi tudo oficializado (ou desoficializado) quase ao mesmo tempo...

Será que de repente estão com medo de ter perdido a juventude e querem recuperar o tempo perdido? Eu também tive uma namorada dessa altura, nas nós já nos separamos há 8 anos. Ainda assim, nunca tive a sensação de ter perdido nada... O facto de ter namorada não me impedia de fazer nada que fizesse caso não tivesse, mas as conversas deles vão todas nesse sentido...
O que leva um adulto de 30 a 35 anos de repente a querer ver-se solteiro(a)? Será que devo preparar "a conversa" sobre sexo seguro e afins para ter com eles? começo a ficar um pouco preocupado...

terça-feira, 3 de março de 2015

Já marchava uma francesinha...

É que ia mesmo bem... Mas aqui na zona não as há de jeito...

Que saudades de ir à Cufra ou ao Capa Negra para comer uma coisa em condições...

Há dias assim...

Há dias em que só me apetece questionar as minhas escolhas profissionais...
Hoje é um desses dias...

Pior é que um dia perco a cabeça e dou mesmo outro rumo à minha vida...

...

Mas agora toda a gente anda a correr?
Eu também gostava, mas e o tempo? Só se me passar a levantar de madrugada para correr, ou então correr antes de dormir por volta da meia-noite...

Esta noite foi espectacular...

Dormimos lá em casa 6horas de seguida...

Os nosssos pequenos estão a ficar grandes...

Menos um...

Pelo menos o problema anterior já está resolvido...
Mas esta arrumação ainda me vai dar muita água pela barba...

Hoje arrumei a minha secretária...

Ok,

Eu admito, a minha ssecretária já estava caótica, mas agora é que começam os problemas... Eu oriento-me bem dentro do meu caos...
Aidna não há 1 hora que acabei de arrumar a secretária e já me faltam documentos importantes...

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Aquilo da morte dos dois policias...

Estas coisas mexem sempre comigo...
Lá por casa sempre fomos ensinados a tratar as autoridades com todo o respeito (ou não fosse o meu Pai GNR) porque eram nossos amigos, e é desta forma que sempre os vi, Policias e GNR's...
Por esse motivo sempre que vejo noticias como esta custa-me a engolir... E digo custa a engolir para não dizer que dói, porque na realidade dói-me pessoalmente...
Custa ainda mais perceber que se tratava de dois agentes mais novos que eu, um dos quais de bem perto da minha terra, e que podia perfeitamente ter estado na mesa ao meu lado na esplanada a beber um café (tal era a frequencia com que ia a Elvas...).

Hoje fiquei estupefacto ao perceber que os perseguidos, que pelos vistos fazem parte de um gang já refernciado por diversos furtos, sairam em liberdade... Ora dada a violencia da situação, dado que os próprios, pelos vistos, são também violentos, não seria motivo suficiente para os manter em prisão preventiva?

Mas agora vejam o outro lado... Não seria mais seguro para os jovens ficarem presos numa prisão de alta segurança? É que a andar ai pela rua correm o risco de apanhar alguns colegas dos agentes falecidos mais revoltados... Será que é essa a ideia do juiz para depois ter mais agentes para perseguir, como aconteceu com o militar da GNR que atingiu o filho de um cigano que estava escondido na carrinha que foi roubada e levado para um assalto? É que até foi no mesmo tribunal e tudo...

Eu não sou juiz, nem policia, mas estas noticias revoltam-me... Cada vez mais sinto que o crime em Portugal compensa que se vive um clima de impunidade da parte de quem não cumpre o minimo dos minimos das regras de convivencia em sociedade...
As forças de segurança não podem sair por ai a espancar tudo e todos nem sair aos tiros sem critério, mas tem que haver algum bom-senso também da parte da força judicial, estas situações criam revolta e desmotivação naqueles que supostamente deviam lutar para proteger o comum dos cidadãos.
Ainda pergunto eu, se o risco é grande, ninguém (superiores hierarquicos, governo e justiça) o reconhece, o salário não é grande coisa (e se descontar-mos o que têm que pagar de farda, algemas e outros meios de trabalho), e ainda correm o risco de ir presos por tentar levar os responsáveis à justiça, daqui por uns tempos quem é que quer ir para Policia? É mais vantajoso ir para criminoso, de vez em quando lá se vai a tribunal, mas os Srs. Drs. Juizes são uns tipos porreiros e mandam-nos logo para casa...


Ontem fui a Alvalade...

Ok,

Tenho que admitir que gostei, mas eu gosto sempre de ir ver futebol ao estádio (já na TV não ligo nada...), mas continuo a dizer que é muito mais impressionante ir ao estádio da Luz (e vê-lo cheio num derbi estão é arrepiante...)...

Mas voltando ao assunto, fui ver um bom jogo de futebol, em que tive pena que tenha faltado garra na altura da finalizaçao ao Sporting, porque os Lusos podiam ter dado a volta ao resultado com alguma facilidade...

Enfim... Para o ano há mais...

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Converti-me..

Acabei de comprar um Mac... Já velhote, mas um Mac...

Agora veremos quanto tempo demoro a conseguir fazer alguma coisa de jeito com ele...

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Eu senti-me um pouco tonto...

E é assim que me sinto muitas vezes...

Sono (parte II)...

Começo a sentir falta de uma noite bem dormida... Isto de ter bebés é muito engraçado, mas que cansa cansa...

Ainda por cima a mais velha está na fase dos terrores nocturnos, e esta noite pela primeira vez foi muito má...

Mas enfim, como se costuma dizer: "Deus dá a roupa consoante o frio", por isso não é nada com que não consigamos lidar...

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Raios partam a Segurança Social...

Raios partam este serviço...
Acabei de ter que pagar 600€ que acho que não são devidos, sob pena de cortarem a licença à minha mulher, ainda me mandam mais uma notificação para restituir mais 300€ relativos à minha licença...

Estou farto de reclamar, escrever no livro, etc e tal e até agora nem uma respostas se diganaram a dar-me excepto ameaçarem com acções executivas se eu não pagar... Por outro lado se eu pagar assumo que o valor é devido...

Realmente o Estado cada vez mais demonstra ser sujeito de má fé...

Eles que fiquem com os abonos a que não tenho direito (porque para eles sou rico...) e com os valores das licenças que usufrui e que não são pagas pelas nossa entidades patronais e os entreguem aos ciganos, que têm mais que eu (sim, que hoje estava lá um casal a reclamar o RSI e chegaram num mercedes que vale metade da minha casa) e não fazem a ponta de um corno...


Coisas dos meus mais novos...

Confesso que nos dias que correm sou um pai mais que babado...

Os ultimos dias têm sido bastante cansativos, mas por outro lado bastante gratificantes...
Lá por casa tivemos muito medo da reacção da nossa filha mais velha à chegada dos dois manos, mas a verdade é que após uma primeira fase de adaptação (em que julgo que as nossas saidas constantes para o Hospital para acompanhar os pequenotes não ajudaram nada) e que ela fazia grandes birras, ao ponto de se magoar a ela própria, a adaptação foi optima... A nossa Benedita é muito energica, muito destravada e não pára um segundo, mas já deu para perceber que adora os irmãos, e era mesmo isto que nós esperavamos que viesse a acontecer ( e o motivo pelo qual não deixamos passar mais tempo para a segunda gravidez...). Com a chegada dos manos ela tornou-se muito mais carinhosa para nós, e faz muitos mimos aos manos, não os pode ouvir chorar, ao ponto de por vezes quando os vamos buscar eles terem brinquedos ou chupetas da irmã mais velha na cama. Quando nós lhes estamos a dar leite, ou a mudar a fralda ela está sempre ao pé de nós a "ajudar" ou a fazer festinhas aos irmãos...
Tem sido o máximo assistir a estas mudanças da nossa bichinha mais velha...

Tenho sono...

Nada mais a dizer...

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Amanhã dia de férias

Para acompanhar a mulher à consulta da pimpolha mais velha (sim, porque isto de ter que levar a mais velha acompanhado das duas crias mais pequenas dá trabalho...).
Tenho que aproveitar para tratar de uma data de questões na Segurança Social, ir ao banco, ir fazer a inspecção ao carro... Enfim, apesar de estar de férias vou andar a correr de um lado para o outro...

Sexta-feira vou estar novamente de férias, mas pelo mesmo motivo... Ainda assim não vou conseguir acompanhar a cria mais nova num exame na Quinta-feira, porque se for pedir dias para todas as consultas e exames não tarda acabaram os dias...

Entretanto férias decentes atá agora não sei quando vão ser... As negociações estão muito dificeis, já que a empresa quer que eu goze a licença e os 30 dias de férias logo de seguida, e assim ficava o resto do ano sem férias, e eu não estou muito para ai virado... Nunca gostei de me ausentar muito tempo do trabalho, até porque metade das vezes que estou de férias acabo por ir trabalhar para casa, e quanto maior a minha ausencia maior a probabilidade de acontecer alguma coisa que só eu é que sei/consigo resolver... Pior é que legalmente sei que o podem fazer, mas espero conseguir dar a volta a isto...

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Sexta-feira...

Poupem-me ao Yeahhhhhhhhhh...

É Sexta-feira, são 18h, portanto são horas de ir para casa... Chove a cantaros, por isso hoje deve ser um daqueles dias que chegar a casa é um tormento de transito...

Mas enfim... Amanhã é dia de descanso, a próxima semana avizinha-se complicada, aliás, por aqui os ultimos tempos ditam que vamos ter bastantes dias complicados nos próximos tempos... Mas amanhã é dia de descanso, de estar com os pimpolhos o dia todo, de ir à natação com a mais velha...

Adoro fins-de-semana :-)

Hoje ando nisto...


quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Ontem foi dia...

Pela primeira vez os 2 pimpolhos fizeram questão de nos brindar com uma noite sem dormir...
Esta noite foi o caos lá em casa, 2 bebés a chorar, ora à vez ora ao mesmo tempo, eu estoirado depois de uma viagem de 700kms em trabalho, ela estoirada depois de um dia super cansativo com as 3 crias...

Espero que esta tenha sido uma noite excepcional, e que retomem as rotinas a que já nos haviam habituado... comer e dormir, dormir e comer...

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Rescaldo do fim-de-semana...

Gripes, frio e febres gerais no Sabado.
Domingo, Passeio até Beja para comemoraçao do 1º aniversário da afilhada... de rastos, mas afinal de conta ela só faz 1 aninho uma vez, portanto não podiamos faltar...
Segunda, pimpolhos bem de saude e esposa meio adoentada em casa, eu adoentado e meio tive que sair para trabalhar...

P.S.- A titulo de curiosidade... Sábado tive que ir ao SAP da minha área de residencia... Ia tendo um enfarte quando me disseram o valor da taxa moderadora... A sério? 10,30€? A ultima vez que fui a uma urgencia tenho ideia de ter pago uns 3€...

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Sexta-feira ao ir para casa... Ninguém merece...


Foi hoje...

Atingimos o ponto de ruptura...

Os RH da empresa não conseguem fazer mais do que fazem, e isso é-nos pedido todos os dias... Hoje foi o dia em que a bolha rebentou....
A minha colega desatou a chorar, eu ando há uma data de tempo a sentir-me completamente em baixo por não dar conta de tudo o que tenho para fazer, e por para o tentar tirar tempo à minha familia...

Daqui para a frente ou vai ou racha, as coisas não podem continuar assim... O volume de trabalho cada vez é mais, muitas coisas para além do que deveria ser exigido a um departamento de Recursos Humanos e nós sempre a aguentar...
Hoje foi o dia em que não deu mais... Daqui para a frente nada será igual... Ou a empresa se reestrutura de forma a cumprir o que nos tem exigido de outra forma ou algumas coisas vão ficar por fazer... Ai vão vão...

Comecei o dia...

A por a roupa suja na sanita...

Não te cures não...

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Hoje fazemos 5 anos de namoro...

Nem me lembrei...

Shame on me...

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Aquele momento...

Em que percebemos que a blogosfera realmente aproxima pessoas que não se conhecem de lado nenhum...

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Musica do dia...

Já ouvi uma data de vezes, e ainda não em cansei...


segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Mood of the day...


Entrevistas...

Na Quinta-feira passada fui contactado por uma consultora para ir a uma entrevista. Não era um cargo a que eu me tivesse candidatado directamente, mas ficaram com o meu CV em Base de Dados depois de uma resposta minha a outra oferta (há muito muito tempo...), e lembraram-se de mim...

Na realidade, apesar das minhas queixas, o sitio onde trabalho proporciona-me um emprego estável, e apesar de muitas vezes me chatear com muitas coisas que por aqui acontecem, adoro os colegas, o ambiente que temos e gosto muito do que faço, o que me faz vir alegre e contente trabalhar diariamente...

A entrevista foi na passada Sexta-feira... Era uma oferta de sonho, numa empresa bem reputada, maior, mais perto de casa, onde teria mais reconhecimento, e onde era proposta arrancar um projecto desde o inicio... O salário não era fantastico, mas pelo menos igualavam as minhas condições actuais, o que só por si era aceitável...

Pior... Era uma oferta tão boa que deve haver mil e um candidatos, bem melhores que eu, na corrida... Isso é que me chateia... Agora vou ficar na ansiedade de saber se volto a nova entrevista, ou se fiquei por aqui...

Façam figas por mim minha gente... Que na infima possibilidade disto dar certo, eu vou delirar...

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Lá por casa...

Tudo bem...

Tudo a entrar nos eixos...
A mãe a habituar-se, o pai a habituar-se, e a mais velha a habituar-se (coitada, com 17 meses, daqui por uns tempos nem se vai lembrar da vida sem irmãos...).

De resto, muito trabalho, tanto no dito cujo, como em casa, mas tudo se resolve...

Sabia bem poder dormir mais que 3/4 horas agora uma noite destas, mas por enquanto nada de critico...

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Preciso ajuda...

Desconfio que tenho cá em casa uma depressão pos-parto...
E para ser sincero não sei o que fazer...

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Adoro o dia...

Em que um colega comenta que o trabalho que era sub-contratado a empresas externas vai passar para mim...

Hoje foi o dia...

A Administração ainda não me disse nada, quero ver quando me vão dizer... Também quero perceber quanto tempo é que eles vão demorar até perceber que os RH da empresa já estão sobrecarregados e que isto não é viável...

Eu acho...

Que o Instituto de Emprego e Formação Profissional se devia chamar Instituto de Desemprego, tal o nivel de burocracia e complicações que nos pedem para o que quer que seja...


sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Às vezes o passado teima em não ficar lá...

Hoje acordei com esta musica na cabeça...
Marcou-me muito durante muito tempo, e diz um pouco do que me aconteceu (sem a parte das traições...)



E eis que no primeiro dia de 2015...

O nosso pimpolho foi para casa...
Tudo teria sido perfeito se a irmã não tivesse regressado entretanto ao hospital, mas no entanto, a irmã é forte, e não se prevê que o internamento seja muito prolongado...

Não vejo a hora de ter a prole toda debaixo da minha asa...