quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Quando estou com os copos...

Tenho tendência a dizer o que realmente me vai na alma...
A ultima vez que fui de férias após 2 jarros de sangria (só para mim, porque a minha mulher de alcoólico só bebe licor beirão) saio-me com um profundo:
"Eu gostava era de ser trolha... Pelo menos podia vir de férias sem me chatearem..."

Foi giro, e no dia a seguir a minha mulher perguntou se estava a dizer a verdade (porque eu sou daquelas pessoas que apesar de se queixar adora o seu trabalho...)tal não era o estado em que eu estava...

A verdade é que penso muitas vezes que se tivesse uma opção válida eu teria optado por um curso profissional, e acho que isso é fundamental nos dias de hoje... Quem é que nunca precisou de um electricista ou canalizador e teve dificuldade em encontrar?
Acho que todos já estivemos nesse problema... porque não se investe mais nestas áreas que as mesmas sejam mais reconhecidas e deixem de ser vistas como profissões menores? Quando se é honesto e trabalhador nenhum trabalho é menor, e o facto de não se ter um canudo não pode ser motivo de desprezo ou descriminação para ninguém...
Acho que um dos grandes problemas do nosso sistema educativo é o facto de não haver alternativas (ou haver poucas ) ao ensino convencional... Devíamos ensinar quem está no ensino médio algo de concreto... Devíamos ensinar uma profissão... Coisa que cada vez é mais rara, mas o facto de ter alguém com o 12º ano em que teve várias cadeiras relacionadas com carpintaria (por exemplo...) pode ser uma mais valia para quem precisa de um carpinteiro...

E com isto termino este post e vou trabalhar mais um bocado...

P.S.- Ok, a garrafa já vai a mais de meio, e a minha mulher nem está em casa, por isso adivinham quem tem estado a inspirar-se com o liquido bordeaux...

2 comentários:

Miluna disse...

deixa lá o fim do mundo supostamente esta por perto...
***beijitos

S* disse...

Tendo em conta a crise, teria sido bem mais inteligente uma profissão mais técnica, mais braçal.