terça-feira, 3 de junho de 2008

Esquecer-te

Não é quando te excluo do Messenger. Nem quando apago o teu número da memória do meu telemóvel. Nem sequer é quando identifico o teu endereço de e-mail como spam. É quando já não preciso fazer nenhuma dessas coisas. É quando não acordo, pela primeira vez em muitas semanas, a pensar em ti. Nem que seja por estar a pensar, em vez disso: “Fod@-se, estou atrasado!”

Mas quando é que esse dia vai chegar???
Parece que ultimamente ainda penso mais em ti, ainda me fazes mais falta...
Hoje li que por vezes é necessário ir pelo caminho errado pra encontrar o caminho certo, e estou cada vez mais certo que segui o caminho errado quando deixei que a nossa relação terminasse desta forma...

Não devia, mas muitas vezes ainda penso se tu ainda pensas em mim... principalmente quando me adicionaste no msn, quando te dei os parabéns...
Pena que não vejas que eu só quero ficar contigo, que ainda mexes comigo, que ainda fazes o meu coração bater...

Sem comentários: